quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Eleitor tem até quinta-feira para se habilitar ao voto em trânsito

 / Foto: Fábio  Pozzebom/Agência  Brasil

Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

    Termina nesta quinta-feira (21) o prazo para que eleitores que estejam fora do domicílio eleitoral nos dias do primeiro e do segundo turnos requeiram o direito de votar para presidente e vice-presidente da República em outras cidades. A habilitação para o voto em trânsito pode ser feita em qualquer cartório eleitoral.

No cartório, o eleitor deve apresentar documento oficial com foto e informar o local onde pretende votar. Uma vez cadastrado para votar em trânsito, ele fica automaticamente habilitado para esse fim e impedido de votar na seção eleitoral de origem. Quem já se habilitou para votar em outra localidade e desistir disso tem também prazo até quinta-feira para pedir o cancelamento da habilitação.

De acordo com Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nas eleições deste ano, o voto em trânsito poderá ser feito em uma das 92 cidades brasileiras com mais de 200 mil eleitores.

No pleito presidencial de 2010, só era permitido o voto em trânsito nas capitais. Naquele ano, votaram nessa modalidade, no primeiro turno, 80.419 eleitores e, no segundo turno, 76.458 eleitores. As seções para votação em trânsito deverão ter no mínimo 50 e no máximo 600 eleitores.

Caso a seção não tenha o número mínimo de eleitores exigido, os habilitados deverão ser comunicados da impossibilidade de votar em trânsito na localidade escolhida. Com isso, será cancelada a habilitação e os eleitores terão de justificar a ausência ou votar nas seções de origem.  Os tribunais regionais eleitorais têm a responsabilidade de registrar as seções especiais e os locais onde serão instaladas as urnas para a votação em trânsito.

DO JC.

Hora do Mamaço reúne mães e filhos.

Ação tem o objetivo de diminuir preconceito contra amamentação em público / Michele Souza/Acervo JC Imagem

    No próximo sábado (23), das 9h às 12h, as mães em idade de amamentação do Recife têm um compromisso na Praça da Jaqueira, zona norte do Recife. A Hora do Mamaço tem como objetivo combater o preconceito contra a amamentação em público e mostrar a importância do ato tanto para a mãe quanto para o bebê. A iniciativa tem o apoio da Secretaria de Saúde do Recife.
 
Na Hora do Mamaço, profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) e das três maternidades da rede municipal (Barros Lima, Arnaldo Marques e Bandeira Filho) vão distribuir material educativo e orientar a população sobre a importância de amamentar. A ação também vai divulgar a petição da Lei de Proteção à Mãe que Amamenta, que defende a amamentação em locais públicos.

As mães interessadas em participar da Hora do Mamaço devem levar mantas, esteiras ou toalhas para se acomodarem no espaço, além de brinquedos para as crianças.

DO JC.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Cão fica 'tristonho' ao usar fantasia igual à da dona nos EUA


Cena ocorreu em concurso de fantasias em feira agrícola.
Mastim chamado Homer e menina foram com trajes de abelha.

    O mastim chamado Homer, de 18 meses de idade, não parecia muito feliz ao ser fotografado fantasiado de abelha, traje usado também por sua dona, a menina Eddyn Molden, de 8 anos. A garota levou seu cão de estimação para um concurso de fantasias em uma feira agrícola do condado de Frederick, no estado da Virgínia (EUA).

Mastim chamado Homer usou fantasia idêntica à de sua dona (Foto: Jeff Taylor/The Winchester Star/AP)

Polícia alemã resgata homem que ficou algemado em ritual erótico


Homem foi encontrado algemado vestindo roupas íntimas e botas femininas (Foto: Wikimedia Commons )

    A polícia de Munique (sul da Alemanha) libertou um homem que ficou algemado durante três dias no chão de sua cozinha, no que parecia um ritual autoerótico.
 
Os investigadores responderam na noite de terça-feira ao chamado de um vizinho, preocupado porque os jornais se acumulavam na porta da casa deste homem de 57 anos.
 
Através da abertura na porta para o correio puderam observar que havia luz no interior da casa e era possível ouvir um som fraco em seu interior, mas ninguém respondia.
 
A polícia, que derrubou a porta da residência, encontrou o homem no chão da cozinha algemado e vestindo roupas íntimas e botas femininas.

"Até o momento acreditamos que foi um acidente autoerótico, que manteve o homem imobilizado por pelo menos três dias em sua casa", explica a polícia.

Libertado com as chaves encontradas no apartamento, que não apresentava sinais de desordem, a vítima foi levada ao hospital, fraca e desidratada.

"Seu estado não é preocupante", acrescentou um porta-voz da polícia nesta quinta-feira, declarando que o homem sofre dores localizadas devido à imobilização prolongada.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Imagem alusiva ao horário reservado à propaganda eleitoral gratuita.

Horário eleitoral no rádio e TV começa nesta terça-feira (19)

   Começa nesta terça-feira (19) o horário gratuito de propaganda eleitoral no rádio e na televisão dos candidatos às Eleições Gerais de 2014. O horário se estenderá até o dia 2 de outubro, em primeiro turno. Em sessão administrativa do dia 5 de agosto, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou a Resolução nº 23.429, que trata do uso do horário eleitoral pelos candidatos a presidente da República e do plano de mídia.
Pela resolução, os 25 minutos de propaganda eleitoral em bloco dos candidatos a presidente, no horário gratuito no rádio e na TV, estão assim divididos: Coligação Com a Força do Povo – 11min24s; Coligação Muda Brasil – 4min35s; Coligação Unidos pelo Brasil – 2min03s; Partido Social Cristão (PSC) – 1min10s; Partido Verde (PV) – 1min04s; Partido Socialismo e Liberdade (PSol) – 51s; Partido Social Democrata Cristão (PSDC) – 45s; Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) – 47s; Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) – 45s; Partido Comunista Brasileiro (PCB) – 45s; e Partido da Causa Operária (PCO) – 45s.
De acordo com a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997), a propaganda eleitoral dos candidatos a presidente da República, no horário eleitoral, deve ocorrer às terças e quintas-feiras e aos sábados das 7h às 7h25 e das 12h às 12h25 no rádio, e das 13h às 13h25 e das 20h30 às 20h55 na televisão.
Em sorteio realizado no plenário do Tribunal no dia 5, a ordem de veiculação da propaganda eleitoral no horário gratuito com relação aos candidatos a presidente da República ficou assim: Coligação Unidos pelo Brasil, PCB, PSTU, Coligação Muda Brasil, Coligação Com a Força do Povo, PRTB, PSDC, PCO, PSC, PV e PSol. Essa será a ordem de abertura do horário eleitoral desta terça-feira (19).
Nos programas seguintes, será adotado sistema de rodízio, sem prejuízo da ordem estabelecida, devendo o partido político ou a coligação que teve seu programa apresentado em último lugar ser deslocado para o primeiro e assim sucessivamente.
Os tempos indicados foram obtidos pela utilização dos critérios do artigo 36 da Resolução TSE nº 23.404/2014, considerando o número de partidos políticos ou coligações que solicitaram registro de candidato a presidente da República e a respectiva representação na Câmara dos Deputados.
Direito de resposta
O ministro Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lembrou que, após o início da propaganda eleitoral, os candidatos que se sentirem eventualmente ofendidos por algum fato ou crítica manifestada por outro candidato ou partido político poderão requerer à Justiça Eleitoral o direito de resposta. Esse direito deve ser julgado em 72 horas e o Tribunal verificará se corresponde ou não a uma das hipóteses em que ele é permitido – ofensa à honra, calúnia e difamação ou injúria, ou a divulgação de fatos inverídicos.
Segundo turno
Em caso de segundo turno, a data-limite para o início do novo horário eleitoral gratuito é 11 de outubro, 15 dias antes do pleito. O horário termina no dia 24 de outubro, dois dias antes do segundo turno.
Na hipótese de ocorrer segundo turno, os blocos de 20 minutos no rádio e na TV serão distribuídos igualitariamente entre os partidos ou as coligações dos candidatos concorrentes, iniciando-se por aquele que teve maior votação e alternando-se essa ordem a cada programa.
Outros cargos
Além dos dias e horários de veiculação da propaganda eleitoral dos candidatos a presidente, a Lei das Eleições estabelece que a propaganda dos candidatos a governador de estado e do Distrito Federal, no horário eleitoral gratuito, deve ocorrer às segundas, quartas e sextas-feiras das 7h às 7h20 e das 12h às 12h20 no rádio, e das 13h às 13h20 e das 20h30 às 20h50 na televisão, nos anos em que a renovação do Senado se der por um terço.
Também a propaganda dos candidatos a senador está definida para as segundas, quartas e sextas-feiras das 7h40 às 7h50 e das 12h40 às 12h50 no rádio, e das 13h40 às 13h50 e das 21h10 às 21h20 na televisão, nos anos em que o Senado for renovado em um terço.
Já a propaganda dos candidatos a deputado federal está marcada para as terças e quintas-feiras e aos sábados das 7h25 às 7h50 e das 12h25 às 12h50 no rádio, e das 13h25 às 13h50 e das 20h55 às 21h20 na televisão.
Por sua vez, a propaganda dos candidatos a deputado estadual ou deputado distrital, no horário eleitoral gratuito, deve ocorrer às segundas, quartas e sextas-feiras das 7h20 às 7h40 e das 12h20 às 12h40 no rádio, e das 13h20 às 13h40 e das 20h50 às 21h10 na televisão, nos anos de renovação de um terço dos integrantes do Senado.
A divisão dos tempos de propaganda no horário eleitoral do rádio e da TV dos candidatos a governador de estado e do Distrito Federal, senador, deputado federal e deputado estadual ou deputado distrital é fixada pelo respectivo Tribunal Regional Eleitoral do estado, em resolução.

sábado, 16 de agosto de 2014

Jornalistas envolvidos na cobertura de Eduardo Campos são assaltados

    Sete jornalistas envolvidos na cobertura sobre o falecimento do candidato Eduardo Campos foram assaltados, no início da tarde desta sexta-feira (15), na BR-101, próximo à residência da família Campos, no bairro de Dois Irmãos, Zona Norte do Recife.

O grupo, que faz plantão em frente à casa de Eduardo em busca de informações sobre o acidente aéreo que matou o ex-governador e outras seis pessoas, seguiu a pé para almoçar em um restaurante localizado às margens da BR-101, a cerca de 500 metros da residência.

Na ida ao restaurante, os profissionais foram abordados por dois homens em um carro prata, que pararam o veículo e anunciaram o assalto. Um dos assaltantes estava armado e ameaçou atirar caso os jornalistas não entregassem os celulares.

Os assaltantes levaram três aparelhos de celular e duas baterias de câmeras de televisão. O jornalista da Rádio Guaíba (RS) ficou assustado, decidiu correr e acabou caindo no chão. Felizmente os dois homens não atiraram, mas o celular do repórter foi danificado na queda. Também faziam parte do grupo profissionais do Diario de Pernambuco, da Folha de S. Paulo, revista Veja, CBN e Globo News.

O Governo do Estado disse que reforçará a segurança no entorno da residência de Eduardo Campos e também na BR-101, onde está localizado o restaurante.


So NE 10.

Morre a viúva de Reginaldo Rossi: Celeide Neves

Celeide posa ao lado de imagem do marido. Foto: reprodução internet
Celeide posa ao lado de imagem do marido. Foto: reprodução internet

   Oito meses depois da morte do marido, o cantor Reginaldo Rossi, a viúva Celeide Pessoa Neves faleceu no final da manhã desta sexta-feira (15), às 11h20, no Hospital Memorial São José, no Recife. Ela estava internada na UTI coronária desde a quarta-feira (13), com complicações no coração, e hoje, aos 67 anos, sofreu um infarto que a vitimou. Ela foi atendida pela médica Fátima Maia. Rossi morreu em dezembro do ano passado, aos 69 anos, por decorrência de um câncer de pulmão. Agora, os nordestinos se despedem da companheira de vida do Rei do Brega, com muito pesar.

Uma das últimas aparições de Celeide foi no Teatro de Santa Isabel, na estreia da turnê nacional da cantora Lia Sophia, no final de julho. As duas haviam se conhecido no especial do Encontro com Fátima Bernardes, em homenagem ao Rei, realizado em janeiro. Ao marcar seu show no Recife, Lia fez questão de ligar para Celeide, para convidá-la. E a viúva acabou sendo surpreendida por mais uma homenagem a Rossi, com duas músicas recriadas pela artista paraense: Em Plena Lua de Mel Recife Minha Cidade.

DO NE 10